Como pensar projetos socioambientais de impacto

Você sabe quais são as etapas para construir um projeto socioambiental de impacto?

A elaboração e execução de um projeto não envolve um roteiro fixo, totalmente previsível e controlável. Não há um roteiro universal para construção e acompanhamento de qualquer projeto, como seguir uma receita de um bolo. 

A primeira ideia que precisamos desconstruir para pensar em projetos socioambientais de impacto é essa. Esse estereótipo de estabilidade, de controle, de reprodução de protótipos.

O que posso fazer para que o projeto tenha impacto?

O que podemos fazer é adotar algumas técnicas e fundamentos que trazem objetividade e clareza a causa que mobilizou e motivou a proposta do projeto. Esse é o ponto número 1. Muitos projetos nascem de um sonho, de questões muito abstratas e é preciso torná-las palpáveis, coerentes, legítimas, contextualizadas. A partir disso, escolher um caminho fundamentado, passível de monitoramento, de análise de variáveis, de mensuração, de prospecção de especialistas, de construção de um trabalho em rede.

O impacto será resultado de um trabalho metodologicamente coeso, preciso e objetivo. Para isso, é necessário um bom diagnóstico e planejamento.

Mas que metodologia eu posso usar para construí-los?

A matriz do marco lógico é um instrumental composto por objetivos, indicadores, meios de verificação (instrumentais usados para esses indicadores) e supostos (riscos externos não à causa mas ao projeto). Ela colabora muito para que você tenha um desenho que indicará se o projeto tem lógica para existir. Além disso, se preenchida adequadamente, possibilita um acompanhamento constante de todas as etapas do projeto aumentando muito a chance de efetividade.

 O cumprimento dos objetivos gera impacto? 

O cumprimento ou não dos objetivos estabelecidos no início do projeto indicará um efeito desse projeto (ou, se o objetivo foi alcançado ou não). No entanto, para gerar impacto, é preciso se perguntar o seguinte: O que esse resultado conseguiu impactar em um território, população ou cultura diante de uma causa estabelecida?

Por exemplo, em um projeto que tenha como um de seus objetivos alfabetizar jovens de uma comunidade específica, o efeito pode ter sido o sucesso na alfabetização. No entanto, isso não significa, necessariamente, que o projeto teve um impacto. Um impacto poderia ser: a alfabetização desses jovens diminuiu ou erradicou o trabalho infantil naquela comunidade? 

Embora não exista uma receita, existem estratégias, metodologias, fundamentações teóricas que maximizam muito a sincronia entre objetivos, metodologia, efeito e efetividade/impacto.

Quer saber mais sobre como elaborar um processo socioambiental?

Veja também

Aprendizagem adaptativa para treinamentos corporativos

Você já ouviu falar em aprendizagem adaptativa? Sabe como esse conceito pode potencializar os resultados de aprendizagem de treinamento para os colaboradores da sua empresa?

Como construir um plano de monitoramento de resultados e impacto

O monitoramento de resultados é uma das principais partes de um projeto, pois nos possibilita identificar se o impacto esperado está sendo atingindo ou não. Mas, você sabe estruturar um plano para monitorar seu projeto de maneira correta?

O primeiro passo essencial para o investimento socioambiental

Quando pensamos nos primeiros passos da construção de um projeto socioambiental, precisamos ter certeza de qual é a causa (motivo) pelo qual estamos trabalhando. Você sabe como identificá-lo?